Taperebá, Cajá, Amarelinho: Conheça as Várias Faces Dessa Fruta Amazônica

Taperebá, Cajá, Amarelinho: Conheça as Várias Faces Dessa Fruta Amazônica

O taperebá, também conhecido como cajá, é uma fruta originária da região amazônica, sendo amplamente cultivada no Brasil, principalmente nas regiões Norte, Nordeste e em outros países da América do Sul. Essa fruta tem sido cada vez mais reconhecida pelo seu valor nutricional, pois é uma excelente fonte de vitaminas, minerais e fibras.

Uma das principais características do cajá é o seu alto teor de vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico e combater os radicais livres que danificam as células do nosso corpo. Além disso, o cajá é rico em vitaminas do complexo B, como a tiamina, riboflavina e niacina, que desempenham funções importantes no metabolismo energético.

Outro benefício do cajá é a presença de fibras, que ajudam a regular o trato intestinal e promovem a saúde digestiva. Essa fruta também é rica em antioxidantes, como os carotenóides e os compostos fenólicos, que ajudam a prevenir o estresse oxidativo e reduzir o risco de doenças crônicas, como o câncer, a diabetes e as doenças cardiovasculares.

A produção do cajá no sistema agroflorestal, feito por famílias quilombolas e ribeirinhas é um exemplo de agricultura sustentável, pois promove a diversidade de espécies e o uso racional dos recursos naturais. Esse sistema permite a produção de alimentos em harmonia com o meio ambiente, além de contribuir para a preservação da cultura local e a valorização dos agricultores familiares.

“Acreditamos que a alimentação é um dos pilares fundamentais para uma vida saudável. O cajá é um exemplo de ingrediente que atende a esses critérios, pois é rico em nutrientes, tem um sabor único, sendo produzido de forma sustentável pelos agricultores da região amazônica”, disse Max Petrucci, fundador da Mahta, foodtech que produz um Superfood em pó com 15 ingredientes do bioma amazônico na sua composição.

Ao incluir o cajá no mix do produto, a Mahta aumenta as opções nutritivas e regenerativas do seu blend para os consumidores, que podem desfrutar dos benefícios dessa fruta de forma prática e conveniente. É importante ressaltar que o consumo de superfoods pode e deve estar atrelado a uma dieta com alta densidade nutricional (muitos nutrientes por caloria).

O cajá é uma fruta amazônica rica em nutrientes e antioxidantes, com benefícios para a saúde e a sustentabilidade. Sua inclusão no Superfoods em Pó da Mahta é uma alternativa interessante para quem busca uma alimentação regenerativa.

“O microbioma humano é um tema cada vez mais relevante, pois está diretamente relacionado à nossa saúde e ao nosso bem-estar. O consumo de alimentos ricos em fibras, como o cajá, é uma das formas de promover a diversidade e a saúde desse ecossistema complexo que é o nosso corpo”, aponta Edgard Calfat, cofundador da Mahta.

Sobre a Mahta:

A Mahta é uma empresa foodtech que utiliza como base na sua produção ingredientes provenientes de comunidades tradicionais da Amazônia e de pequenos agricultores que operam no modelo de sistemas agroflorestais. A Mahta gera valor, reduz impactos ambientais negativos e entrega inovação no ramo de alimentação para o consumidor final. A Mahta tem como objetivo a missão de não ser apenas sustentável, mas ser uma empresa em consonância com a reconstrução e regeneração do globo terrestre, com a inclusão das cadeias produtivas da população da região amazônica. A proposta da Mahta é a de desenvolver alimentos focados no nosso microbioma, assim como no macrobioma da Amazônia, que é o todo o espaço socioambiental da nossa floresta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *