Paranaguá, Morretes e Antonina Recebem Expedição Mapa da Cultura Alimentar Nesta Semana

Paranaguá, Morretes e Antonina Recebem Expedição Mapa da Cultura Alimentar Nesta Semana

Cidades recebem historiadores, jornalistas e especialistas em gastronomia para desvendar histórias e curiosidades sobre o Barreado e a Bala de Banana. Expedição faz parte de um projeto cultural que investiga o que há por trás dos ingredientes que compõem a base da cultura alimentar regional do Paraná e de parte de Santa Catarina

Registrar hábitos alimentares, receitas e temperos. Esta é a base do projeto Mapa da Cultura Alimentar que vai revelar detalhes e curiosidades de alguns dos principais tesouros alimentares regionais em uma mostra multimídia e interativa que acontece em setembro, em Curitiba.

Além da Bala de Banana e Barreado que serão investigados na primeira semana de abril, queijo, erva mate, café, goiaba, uvas, morango, melado, mel, vinho e maçã fuji também fazem parte do projeto. São produtos que possuem selo de Identificação Geográfica (IG) – instrumento de propriedade industrial que busca distinguir a origem geográfica de um determinado produto ou serviço, motivo que os fez serem selecionados para o Mapa da Cultura Alimentar.

O projeto em formato inédito vai revelar detalhes e curiosidades de alguns dos principais tesouros alimentares regionais em uma mostra multimídia e interativa que acontece em setembro, em Curitiba. Para a coleta de informações sobre os produtos e as histórias por trás deles, uma expedição com historiadores, jornalistas e especialistas em gastronomia será realizada nos próximos meses. Serão 13 cidades visitadas, iniciando-se o trajeto em Antonina (Paraná) na primeira semana de abril.

“A ideia é registrar hábitos alimentares, receitas e temperos. Todo esse processo será documentado em vídeos e fotos que farão parte de um livro impresso e da exposição de artes visuais multimídia e interativa”, explica Carolina Montenegro, da Montenegro Produções, empresa responsável e idealizadora do Mapa da Cultura Alimentar. “Em cada prato, estão os códigos alimentares que formam parte do que somos. E isso tem um nome: patrimônio cultural imaterial”, ressalta.

Paralelo à expedição, em parceria com o SEBRAE/PR, os cozinheiros Rui Morschel e Ana Souza vão realizar quatro eventos em algumas das cidades do projeto, com degustação dos produtos e apresentação da pesquisa.

Livros e exposição

As descobertas das expedições, incluindo os processos de produção e fabricação, o cultivo e tudo que acontece até que cada um dos produtos chegue à mesa, serão apresentados em uma exposição multimídia que será realizada de 6 de setembro a 6 de outubro, no Shopping Mueller, em Curitiba. Na ocasião também será lançado o livro do projeto.

Para Carolina Montenegro, esse projeto é uma forma de valorizar e enaltecer o conhecimento ancestral dos nossos produtores locais, gerando assim mais visibilidade e oportunidades. “O início do Mapa, com as visitas a campo da expedição, é uma imersão no nosso universo cultural, o meio é o contato direto com o público através dos eventos em locais públicos e o resultado final, a exposição aberta ao público, será uma experiência única sobre a biodiversidade da nossa terra”, descreve.

Iniciativa da Montenegro Produções, o Mapa da Cultura Alimentar conta com recursos da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. Patrocinadores: Syngenta, CNH Industrial Global e New Holland Brasil, Copel Energia, Sanepar, Governo do Estado do Paraná, Atlas Eletrodomésticos, Porto a Porto, Videplast, Ítalo Supermercados, Havan, Lavoro, Sebrae Paraná, Bom Gourmet – Gazeta do Povo e Shopping Mueller. Instituição beneficiada: Associação Amigos do HC.

Contrapartida social

O projeto contempla ainda ações de contrapartidas sociais, beneficiando instituições de longa permanência para pessoas idosas e instituições de acolhimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e uma van itinerante com degustação dos produtos pesquisados.

Para acompanhar o projeto

Um portal com todas as informações, receitas dos eventos, fotos e vídeos da expedição está sendo produzido em parceria com o Bom Gourmet, maior plataforma de gastronomia do Brasil: https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/mapa-da-cultura-alimentar

Calendário da expedição Mapa da Cultura Alimentar

03 de abril – Antonina e Paranaguá (Paraná)
04 de abril – Morretes (Paraná)
05 de abril – Palmeira e Witmarsum (Paraná)
06 de abril – São Mateus do Sul (Paraná)
07 de abril – Curitiba (Paraná)

10 de abril – Pinhalão e Londrina (Paraná)

11 de abril – Cornélio Procópio e Jacarezinho (Paraná)

12 de abril – Marialva (Paraná)

13 de abril – Carlópolis e Londrina (Paraná)

14 de abril – Tomazina e Pato Branco (Paraná)

17 de abril – Santa Helena (Paraná)

18 e 19 de abril – Capanema (Paraná)

24 e 25 de abril – Bituruna (Paraná)

2 e 3 de maio – São Joaquim (Santa Catarina)

Sobre a Montenegro Produções
Presente no mercado cultural há mais de 10 anos, a Montenegro Produções Culturais atua no diagnóstico, identificação e mapeamento de oportunidades de integração entre arte e negócio. Os projetos são construídos em plataformas que integram fomento às artes e à economia, responsabilidade social, comunicação de marcas e criatividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *