Férias Sustentáveis: Reserva Natural Salto Morato é Opção de Lazer no Litoral do Paraná

Férias Sustentáveis: Reserva Natural Salto Morato é Opção de Lazer no Litoral do Paraná

e descanso em contato com a natureza

Localizada em Guaraqueçaba (PR) e mantida pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, a reserva ocupa uma área reconhecida pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade. Inserida na região da Grande Reserva Mata Atlântica (GRMA), a Unidade de Conservação tem entre seus principais atrativos uma cachoeira com mais de 100 metros de altura e uma trilha brincante para criançasFundação oferece ainda a plataforma virtual #FureSuaBolha!, que auxilia o usuário na escolha da área natural ideal para visitar pelo Brasil eincentiva o turismo responsável

Para muitas pessoas, o mês de julho é sinônimo de férias para aproveitar em família, com amigos ou de forma individual. Aqueles que procuram um destino para aproveitar os dias de descanso em contato com a natureza e desfrutar de benefícios comprovados que essa prática proporciona para a saúde e o bem-estar precisam conhecer a Reserva Natural Salto Morato (RNSM), situada em uma área reconhecida como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

Inserida na Grande Reserva Mata Atlântica (GRMA) – região que abriga o maior remanescente contínuo do bioma no mundo –, Salto Morato está localizada em Guaraqueçaba, litoral norte do Paraná, a 172 quilômetros de Curitiba. Criada em 1994 e mantida desde então pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, conta com área protegida de 2.253 hectares, que contribui para a conservação da Mata Atlântica e sua biodiversidade.

Aberta à visitação durante todo o ano, exceto às segundas-feiras, a Unidade de Conservação atrai turistas de diversos estados e países, além de pesquisadores e observadores de aves. No local, já foram identificadas 324 espécies de aves, 36 tipos de répteis, 102 mamíferos, 54 anfíbios e 69 peixes, além de 693 espécies de plantas.

Atrativos

Entre os principais atrativos da reserva está a cachoeira que dá nome ao local: o Salto Morato tem mais de 100 metros de altura. O acesso é possível por meio de uma trilha de 1.500 metros, classificada como leve, com duração aproximada de duas horas para ir e voltar. No percurso, o visitante pode conhecer e mergulhar em um aquário natural.

Outra opção é a Trilha da Figueira, que leva o visitante até uma enorme árvore centenária que forma uma ponte-viva sobre o Rio do Engenho. O caminho de cinco quilômetros em meio à floresta, classificado como de nível médio, é feito em cerca de três horas.

As crianças têm mais uma opção de lazer na Reserva: a Trilha das Brincadeiras. Com percurso de aproximadamente 500 metros, a atração conta com diferentes experiências e atividades lúdicas que colocam a garotada em contato com a natureza. Nela, os pequenos passam por “desafios”, como a cabana de madeira, o túnel da cigarra e a perna de pau.

Estrutura

A Reserva Natural Salto Morato conta ainda com Centro de Visitantes com diversas informações para que o turista conheça mais a região em que está. Possui também estrutura de camping, com capacidade para até 12 barracas. O espaço oferece banheiros com chuveiros, água quente, churrasqueira, sistema wi-fi e acesso ao rio. Para acampar, é necessário fazer reserva com antecedência pelo WhatsApp (41) 98827-4134.

Fure sua Bolha: outros passeios que geram conexão com a natureza

Parques nacionais e estaduais, áreas de proteção ambiental, reservas extrativistas e biológicas, estações ecológicas e monumentos naturais são algumas categorias de Unidades de Conservação (UCs) que podem estar abertas ao público, de acordo com a finalidade e planejamento de cada uma, como opção de lazer e visitação. Na região da Grande Reserva Mata Atlântica, por exemplo, são mais de 100 UCs distribuídas nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

O turismo responsável na natureza visa ampliar a consciência ambiental, contribuindo no fortalecimento das UCs. É possível unir lazer, educação, conservação e desenvolvimento socioeconômico a partir de experiências nesses destinos naturais. A natureza tem ganhado cada vez mais espaço em atividades turísticas e essa proximidade com o meio ambiente e a compreensão sobre a sua relevância despertam um senso de pertencimento no visitante que ajuda a fortalecer a responsabilidade de protegê-lo”, afirma Leide Takahashi, gerente sênior de Conservação da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, doutora em Conservação da Natureza e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN).

Para incentivar o turismo responsável na natureza e ajudar na escolha do destino ideal para cada perfil de turista, a Fundação Grupo Boticário criou a plataforma #FureSuaBolha! (furesuabolha.com.br). Nela, ao responder perguntas rápidas, é possível encontrar áreas naturais em todo o Brasil que oferecem experiências e vivências diversas, mais aventureiras ou tranquilas, inclusive com crianças. “O Brasil é favorecido pela sua rica biodiversidade. Não faltam destinos para conhecer, inclusive, próximos de grandes cidades. Estimular o contato com esses locais e com a natureza, por meio de vivências diversas, contribui com a economia local e traz muitos benefícios para a saúde e o bem-estar, ajudando a reduzir níveis de estresse e depressão, melhorar a imunidade, a qualidade do sono e estimular a criatividade”, completa Leide

Dicas

Ao definir um destino na natureza para visitar, é fundamental pesquisar sobre o passeio e conferir horários e regras de funcionamento de cada local. O ideal é usar mochila e levar alimentos leves e água, repelente, chapéu, calçados fechados, blusa fina de manga comprida e calça leve para proteger dos mosquitos e do sol, além de roupa de banho de secagem rápida.

Serviço

Reserva Natural Salto Morato

Endereço: Rodovia PR, 405 – Comunidade Morato Guaraqueçaba (PR)

Funcionamento: terça-feira a domingo, incluindo feriados, das 8h30 às 16h, vagas limitadas

Valores por pessoa: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada)

Compras e reservas pelo sitehttps://loja-reservanaturalsaltomorato.paytour.com.br/

Contatos: morato@fundacaogrupoboticario.org.br | (41) 98827-4134 (WhatsApp)

Agendamentos: pelo WhatsApp

Camping: vagas limitadas. É necessário agendamento pelo WhatsApp.

Outras informações: Não é permitida a entrada com bebidas alcoólicas. Só é permitida a visitação com uso de calçados fechados. Em caso de chuvas fortes, a reserva pode ser fechada à visitação.

Sobre a Fundação Grupo Boticário

Com mais de 30 anos de história, a Fundação Grupo Boticário é uma das principais fundações empresariais do Brasil que atuam para proteger a natureza brasileira. A instituição trabalha para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e em políticas públicas e apoia ações que aproximem diferentes atores e mecanismos em busca de soluções para os principais desafios ambientais, sociais e econômicos. Já apoiou cerca de 1.700 iniciativas em todos os biomas no país. Protege duas áreas de Mata Atlântica e Cerrado – os biomas mais ameaçados do Brasil –, somando 11 mil hectares em reservas privadas, o equivalente a 70 Parques do Ibirapuera. Com mais de 1,2 milhão de seguidores nas redes sociais, busca também aproximar a natureza do cotidiano das pessoas. A Fundação é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial.

Sobre a Rede de Especialistas em Conservação da Natureza

A Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) reúne cerca de 80 profissionais de todas as regiões do Brasil e alguns do exterior que trazem ao trabalho que desenvolvem a importância da conservação da natureza e da proteção da biodiversidade. São juristas, urbanistas, biólogos, engenheiros, ambientalistas, cientistas, professores universitários – de referência nacional e internacional – que se voluntariaram para serem porta-vozes da natureza, dando entrevistas, trazendo novas perspectivas, gerando conteúdo e enriquecendo informações de reportagens das mais diversas editorias. Criada em 2014, a Rede é uma iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Os pronunciamentos e artigos dos membros da Rede refletem exclusivamente a opinião dos respectivos autores. Acesse o Guia de Fontes em www.fundacaogrupoboticario.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *