A Descarbonização Profunda das Cidades é Essencial para as Principais Metas Climáticas

A Descarbonização Profunda das Cidades é Essencial para as Principais Metas Climáticas

Nova publicação técnica da Danfoss estabelece novo roteiro para descarbonizar cidades. A implementação da tecnologia existente para edifícios, transporte e integração do setor pode preencher metade da lacuna nas reduções de emissões urbanas de GEE necessárias para um progresso de 1,5°C.

As cidades são responsáveis por 70% das emissões globais de carbono. Em última análise, a batalha contra as mudanças climáticas será vencida – ou perdida – nas cidades. É urgente agir para realizar as mudanças necessárias com vistas a permitir a descarbonização em larga escala. Para enfrentar esse desafio diretamente, a Danfoss está lançando hoje uma nova publicação técnica que estabelece um caminho claro e alcançável para permitir uma transição verde em larga escala. O documento mostra como as medidas existentes de eficiência energética e eletrificação em todos os setores podem reduzir imediatamente as emissões e acelerar uma transição verde nas cidades.

Ao comentar o lançamento da publicação técnica, Kim Fausing, presidente e CEO da Danfoss, disse: “Não alcançaremos as metas do Acordo de Paris sem uma profunda descarbonização das cidades. A boa notícia é que as cidades oferecem algumas das melhores possibilidades para otimizar o planejamento urbano e acelerar uma transição verde, e já existem tecnologias acessíveis e econômicas capazes de reduzir as emissões o suficiente para cumprir as metas climáticas globais. Essas tecnologias já estão em uso todos os dias – por exemplo, na cidade de Sønderborg, no sul da Dinamarca (Projeto Zero), mas devem ser adotadas mais amplamente em escala global agora.”

À medida que a população mundial continua aumentando rumo às 10 bilhões de pessoas até 2050, atualmente espera-se que quase 70% dos habitantes do mundo estejam vivendo em cidades até esta data. Em sua forma atual, com a demanda de energia continuando a crescer, as cidades produziriam um nível totalmente insustentável de emissões que seria completamente incompatível com as principais metas climáticas, como a meta de 1,5°C estabelecida pelo Acordo de Paris de 2015.[1]

A publicação técnica intitulada “Roteiro para descarbonização das cidades” baseia-se em uma gama diversificada de fontes verificadas, incluindo os dados mais recentes da Agência Internacional de Energia (AIE), para demonstrar por que é necessário agir. A publicação técnica também mostra como essa ação pode ser tomada e destaca como as soluções que permitirão isso já estão disponíveis.

Principais conclusões:

  • A eficiência energética nas cidades é essencial para a descarbonização global. Se todas as áreas urbanas e cidades da Europa, dos EUA e da China investissem em aquecimento e refrigeração energeticamente eficientes de edifícios, isso contribuiria com 20% para a meta de 1,5°C do Acordo de Paris.
  • A eletrificação dos veículos terá um papel importante. A eletrificação dos transportes urbanos, tanto privados (leves) como públicos (pesados), é crucial para o sucesso das metas climáticas. 28% da descarbonização necessária para se manter dentro da meta de 1,5°C do Acordo de Paris seria alcançada se todas as áreas urbanas da Europa, EUA e China eletrificassem o transporte público e privado.
  • A melhoria da eficiência pode acelerar a eletrificação dos transportes. Tanto nos automóveis de passageiros, nos veículos pesados como no transporte marítimo, as medidas de eficiência podem reduzir a dimensão das baterias necessárias, limitando assim os requisitos de matérias-primas. O aumento da eficiência também pode reduzir a demanda por infraestrutura de carregamento e aumentar a produtividade e o alcance do veículo.
  • A implementação da tecnologia existente para edifícios, transporte e integração do setor poderá preencher metade da lacuna nas reduções de emissões urbanas de GEE necessárias para um progresso de 1,5°C.

A análise da publicação técnica oferece um roteiro concreto para prefeitos, agentes públicos locais e planejadores urbanos sobre como eliminar todos os principais impulsionadores da pegada de carbono das cidades. O documento também explora como as tecnologias disponíveis podem melhorar os meios de subsistência dos cidadãos e, ao mesmo tempo, tornar a economia mais resiliente e criar empregos. Em última análise, ela oferece uma visão holística e concreta das principais oportunidades para descarbonização das cidades.

Acesse a publicação técnica completa aqui: 

Sobre a Danfoss

A Danfoss desenvolve tecnologias avançadas que nos permitem construir um amanhã melhor, mais inteligente e mais eficiente. Nas cidades em crescimento, asseguramos o fornecimento de alimentos frescos e o melhor conforto em nossas casas e escritórios, atendendo à necessidade de infraestrutura eficiente em energia, sistemas conectados e energia renovável integrada. Nossas soluções são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil. Nossa engenharia inovadora remonta a 1933 e hoje a Danfoss ocupa posições líderes no mercado, empregando mais de 28 mil e atendendo clientes em mais de 100 países. Somos uma empresa privada controlada pela família fundadora. Leia mais sobre nós em www.danfoss.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *