A Água nos Une, o Clima nos Move é o Tema do Dia Mundial da Água no Brasil em 2024

A Água nos Une, o Clima nos Move é o Tema do Dia Mundial da Água no Brasil em 2024

Durante o lançamento da Jornada da Água 2024, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico revelou o tema que norteará os debates sobre recursos hídricos no Brasil no Dia Mundial da Água e no restante do ano

Nesta quarta-feira, 31 de janeiro, às 16h30, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) anunciou o tema para o Dia Mundial da Água 2024 no Brasil. Relacionando as temáticas de recursos hídricos e mudança climática, a Agência propôs o tema A Água nos Une, o Clima no Move como o assunto que norteará as discussões sobre água no País até o Dia Mundial da Água, que é celebrado em 22 de março, e no restante do ano. O tema foi revelado na live de lançamento da Jornada da Água 2024, que também teve o lançamento do estudo Impacto da Mudança Climática nos Recursos Hídricos do Brasil e do hotsite temático da Jornada: https://jornadadaagua.ana.gov.br.

A temática A Água nos Une, o Clima nos Move foi escolhida pela ANA devido ao fato de que a água e o clima estão presentes no cotidiano das pessoas e são fatores cruciais para o futuro da humanidade, sendo que a mudança climática afeta sobretudo grupos vulneráveis com falta de água para abastecimento, encarecimento de alimentos impactados por eventos climáticos e aumento de doenças. Nesse cenário a emergência climática torna necessários o planejamento e a preparação da sociedade para adaptação à mudança climática com repostas eficazes aos efeitos dessa nova realidade.

Participaram da live de lançamento da Jornada a diretora-presidente interina da Agência, Ana Carolina Argolo; os diretores interinos Nazareno Araújo e Marcelo Medeiros; o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes; o ministro das Cidades, Jader Filho; e o secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, João Paulo Capobianco, representando a ministra Marina Silva.

Na abertura da live,a diretora-presidente interina da Agência, Ana Carolina Argolo, destacou que a temática da água é integradora e que, nesse sentido, a ANA tem atuado junto à União e aos estados para reforçar a importância dos recursos hídricos para o Brasil. “A pauta da água é transversal e a composição desta mesa [com representantes das pastas de Integração e Desenvolvimento Regional, de Cidades e de Meio Ambiente e Mudança do Clima] ilustra muito bem isso. E, mais, ilustra a necessidade da união principalmente frente aos desafios postos pela mudança climática e ao novo normal que temos vivido. Esse esforço de integração é um esforço que vem sendo feito e materializado por essa agência por anos”, enfatizou.

Valdez Góes abordou a necessidade de unir esforços em torno da temática proposta pela ANA para o Dia Mundial da Água deste ano. “O desafio das mudanças climáticas impõe, ainda, de forma mais forte, a necessidade de nós termos governança, de nós criarmos resiliência e de nós trabalharmos o processo de desenvolvimento. Eu queria, além de agradecer e reconhecer que o tema A Água nos Une, o Clima nos Move, como um tema transversal e liderado pela Agência, ele exige uma sinergia muito grande”, disse o ministro.

Já o ministro Jader Filho relacionou a mudança climática e suas consequências para os ambientes urbanos. “Nós temos que cuidar da resiliência das nossas cidades, da adaptação delas, mas nós também precisamos levar água, porque água é saúde, para que as pessoas possam ter qualidade de vida”, concluiu Filho.

O secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima elogiou o tema proposto pela ANA para o Dia Mundial da Água de 2024 e disse que ele será adotado no âmbito de todo o governo federal. Além disso, Capobianco falou da importância do cuidado das águas no contexto da mudança climática. “Nós precisamos garantir a resiliência, precisamos adaptar as nossas populações. Preparar e adaptar as nossas cidades para esses eventos climáticos extremos. Mas precisamos, ao mesmo tempo, fazer a boa gestão dos nossos mananciais”, ponderou.  

A Jornada da Água 2024 prevê uma série de atividades, campanhas e eventos durante todo o ano. O tema do Dia Mundial da Água que será apresentado na live servirá como referência para as ações da Jornada, que foi concebida para sensibilizar a sociedade, os membros da Administração Pública, os atores dos setores de recursos hídricos e saneamento básico, entre outros entes estratégicos para o cuidado com as águas do Brasil.

hotsite da Jornada da Água 2024 apresenta o tema, disponibiliza publicações e materiais de comunicação para download e traz informações da ANA sobre a temática anunciada para o Dia Mundial da Água deste ano. Nesse espaço é divulgado o calendário de eventos associados ao tema da Jornada, que poderão ser submetidos por qualquer instituição via formulário on-line.

Como parte da agenda permanente da ANA no tema, a instituição lançou o estudo Impacto da Mudança do Clima nos Recursos Hídricos do Brasil. Essa publicação indica um cenário com tendência de redução na disponibilidade de água para quase todo o País, incluindo grandes centros urbanos e regiões importantes para produção agrícola, como a bacia do rio São Francisco, considerando cenários de curto, médio e logo prazo – respectivamente os períodos de 2015 a 2040, de 2041 a 2070 e de 2071 a 2100.

Segundo a publicação, a disponibilidade hídrica pode cair até 40% em regiões hidrográficas do Norte, Nordeste, Centro-Oeste e parte do Sudeste até 2040. Com essa redução, existe uma tendência de aumento do número de trechos de rios intermitentes (que secam temporariamente) especialmente na região Nordeste. Essas situações demandam preparação e podem afetar a geração hidrelétrica, a agricultura e o abastecimento de água nas cidades dessas regiões. Por outro lado, o Sul possui uma tendência de aumento da disponibilidade hídrica em até 5% até 2040, mas com uma maior imprevisibilidade e um aumento da frequência de cheias e inundações, como vem ocorrendo na região nos últimos anos. Saiba mais sobre o levantamento no site da ANA.

O Dia Mundial da Água

Em 22 de março de 1992, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Mundial da Água em solo brasileiro. A data foi lançada durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, também conhecida como Eco-92, no Rio de Janeiro, como um esforço da comunidade internacional para colocar em pauta as questões essenciais que envolvem os recursos hídricos no planeta. Em 2024 o tema definido pela ONU globalmente para o Dia Mundial da Água é Água para a Paz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *